Logotipo da empresa, isso realmente importa?

Será que o logotipo tem realmente importância para uma empresa?

Num bate papo com amigos, que são empresários, surgiu essa questão. “Será que o logotipo da empresa tem mesmo tanta importância assim?”

E claro, os olhares se voltaram para mim, pois para quem não me conhece, sou sócio da R4Digital, uma agência de marketing de São Paulo.

Minha dúvida neste momento foi, como demonstrar, com eficiência, a importância do logotipo.

Pensei no discurso comum, dizer que isso já fica explícito pelos altos valores gastos por grandes corporações na reestilização de suas marcas, ou então, no argumento de que é importante você se destacar em seu mercado, e para isso um logotipo bem feito é fundamental, pois aparece em praticamente todo o material relacionado à empresa, etc.

Lembrei então de uma aula que tive na década de 90, na Escola Panamericana de Artes  na av. Angélica em São Paulo, onde um professor, não me recordo o nome, fez a seguinte alusão:

Imagine o que as pessoas poderiam pensar se você aparecesse, em uma festa Black Tie, de bermuda e chinelos? Ou então numa festa descontraída na praia, você chegasse com traje de gala e casaco de frio?  Qual a imagem que teriam de você?  O que diriam?

Será que diriam “Nossa que cara chique, respeitável e cool!”  ou “Nossa que maluco é esse?”

Bem, a segunda hipótese é a mais provável, certo?

Vamos transferir essa situação para o mundo dos negócios. Qual a chance de conseguir bons contatos ou clientes se sua empresa não estiver vestida da forma correta para a ocasião? Pois bem, é exatamente este risco que uma empresa corre quando negligencia a criação da sua marca, seu logotipo. E o que é pior, sua empresa pode ser o tal cara de bermudas sem saber. Se sua marca não for criada por um profissional ou empresa realmente qualificada, que fará os estudos necessários para criação do logotipo, esse risco é real. Ou seja, um logotipo mal executado pode, e certamente vai, gerar prejuízos financeiros para a corporação.

Funcionou!

Posso dizer que pelo menos entre meus amigos o argumento funcionou, afinal qual empresário não se atenta quando o assunto é relacionado a ganhos ou perdas financeiras para seu negócio?

Quero aproveitar este post para uma dica importante sobre esse assunto.

Não vejo como uma marca ou logotipo possa ser criada, de forma consistente e profissional, sem o seu MIV (Manual de Identidade da Marca) ou  PIV (Projeto de Identidade Visual). Se assim for, não passa de um desenho, as vezes muito bonito e criativo, mas um desenho. Porque o MIV ou PIV, é o resultado do estudo para criação da marca. Então, desconfiem dos milagreiros que criam marcas e logotipos em tempo recorde, com custos que não condizem com a realidade do mercado e principalmente que não sejam acompanhados do seu manual. Afinal, a bermuda pode até ser bonita e cara, mas ainda será uma bermuda.

Roberto Ferreira / R4Digital
beto@r4digital.com.br

 

Gostou? Saiba como podemos ajudar no seu sucesso.